terça-feira, agosto 02, 2016

SÉRIE | BLOODLINE

Estava eu, em um dia monótono, sem querer assistir nadinha, mesmo as séries que estavam atrasadas e gritando por atenção. Lembrei daquele aplicativo que facilita nossa vida na Netflix e fui direto na categoria "drama". Precisava de algo mais dramático que a minha vida (rindo aqui). Acontece que dramas familiares são incrivelmente atrativos, sejam eles na televisão ou não. Li a sinopse de Bloodline que dizia:

"Bloodline retrata a história dos Rayburn, uma família trabalhadora e renomada em sua comunidade na Flórida. Porém, quando o filho mais velho Danny (Ben Mendelsohn), a "ovelha negra da família", retorna para a celebração de 45 anos do hotel da família, ameaça expor segredos sombrios do passado da família, levando seus irmãos ao limite da lealdade familiar."

Não pensei duas vezes, mas, claro, sempre tem aquele sentimentozinho chato de que é provável a desistência antes mesmo da metade, ainda mais que já tinha duas temporadas. Bom, duas temporadas foram pouco, estou aqui sofrendo demais porque não tem a terceira. Sério, é pedir demais, Netflix?
Bloodline é uma produção original da Netflix e ganhou meu coração pelo fato de ter tanta realidade inserida em uma série de TV. A família Rayburn sempre foi vista como um exemplo de família; a família perfeita, que sempre será lembrada e homenageada, porém, essa mesma família guarda inúmeros segredos que provam que eles não são tão impecáveis assim. O chefe da família, Robert, é um cara honrado diante da sociedade, entretanto, comete uma série de erros com a própria família, começando com a morte de sua filha Sarah. Não fica 100% claro no início, mas no decorrer dos episódios aparecem alguns flashbacks do dia em que aconteceu o acidente. Tudo recai sobre o filho mais velho Danny, que tem seu futuro destruído pela falta de apoio do restante da família. Para mim, ele foi a única vítima de toda a história.
John, Meg e Kevin, os outros filhos, seguem com suas vidas perfeitas. Danny é delegado, Meg, advogada e Kevin, empresário. Todos eles, incluindo a mãe, Sally, carregam o peso da morte de Sarah. Antes que eu esqueça, a família tem uma pousada, na beira da praia, bastante conhecida e é administrada por Robert e Sally.
Todos eles guardam segredos e quando Danny retorna à pousada, tudo vem à tona. No geral, ninguém quer que ele permaneça, assim como nunca quiseram antes. O problema é que Danny está disposto a se vingar de todos depois de ter sua vida destruída, como disse ali em cima, em consequência do desprezo daqueles que mais deveriam apoiá-lo. Em meio a tantas coisas escondidas, você vai ver adultério, uso e tráfico de drogas, assassinato e muita, mais muita mentira das pessoas que você nunca imagina ser capaz de matar uma formiga. Você vai ver que até mesmo alguns personagens que nem sabem o que acontece na vida dos Rayburn possuem segredos sombrios e que podem arrastálos para o fundo do poço também.

Preciso citar aqui algo muito importante: meu ódio pelo sem coração mor, Robert, pelos hipócritas de carteirinha Kevin e Meg e pela insuportável Diana, esposa do John. Ah, e a Sally parece o Ozzy. Dito isto, prossigo dizendo que a série tem sido muito elogiada, inclusive recebeu diversas indicações ao Emmy. Sem dúvida foram as atuações mais fortes da série. Está super recomendada e, claro, não vejo a hora de sair a terceira temporada, prevista para ir ao ar APENAS em 2017. 
Milca Abreu
Milca Abreu

Formada em Letras, apaixonada por leitura, fotografia, séries, gatos, Star Wars, Super-Heróis, Woody Allen e batons. Amo histórias de terror e suspense, músicas antigas e não dispenso uma boa passeada no shopping. Sou da Capital e ainda pretendo conhecer o mundo - ou parte dele.

8 comentários:

  1. Poxa! Fiquei interessada, parece ser uma boa série! Vi sei post na Café com Blog! Sou administradora lá, fiquei muito feliz de ver vc divulgando lá! Prometo tentar acompanhar mais os blogs! #Sucesso!!!!

    http://priscilila.blogspot.com.br/
    http://www.juntandoasnerdices.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lila, que bom saber que veio de lá, amo aquele grupo!
      Eu também tento acompanhar sempre os blogs.
      Obrigada por vir aqui <3

      Excluir
  2. Anotando essa dica agora
    Pq adorooooooo histórias sobre aparências hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai adorar essa aqui hahaha

      Excluir
  3. Oooi! Tudo bem?

    Ai essas séries da Netflix são meu fim. Não consigo lidar com muitos episódios à minha disposição, vejo sem parar até ficar em dia, sério, é obssessivo, minha vida acaba. Por isso que evito começar séries novas. Mas, viciada como sou, sempre acrescento alguma à minha lista. Como me conheço, pego sempre séries pequenas, com no máximo três temporadas se for da Netlix e duas se for das emissoras, porque aí não demanda tanto do meu tempo e consigo ter uma vida fora do computador. Então assim, super amei essa sugestão. As séries da Netflix andam arrasando, acompanho várias e se pudesse via todas. E como também curto dramas familiares, achei interessantíssimo. Vou preparando meu coração pra ver se não sinto tanto ódio assim dos personagens, porque sou implicante e sempre acho algo de ruim pra reclamar, e não gosto de odiar personagens. Enfim, valeu pela dica!

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei exatamente como isso é. Eu vivo acrescentando e sempre assistio tipo, dois episódios, me apaixono e abandono hahahah
      Qual o nome dessa doença? hahahah
      Espero que você curta Bloodline, pq é muito boa mesmo!

      Excluir
  4. Anotada a dica!

    www.vintageandgeek.com.br

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...