LIVROS | OS BONS SEGREDOS - SARAH DESSEN

sábado, agosto 06, 2016

Tenho selecionado muito bem minhas últimas, porque a vida é muito curta para perder tempo com livros ruins ou que não são do meu gosto, e ao mesmo tempo venho ganhando alguns livros que têm umas capas tão lindas e umas sinopses que cutucam a minha curiosidade. Junta os dois e fica meio deixar de ler. Minha última leitura foi Os Bons Segredos de Sarah Dessen. Ganhei esse livro no Encontro Nacional de Blogueiros Literários e nunca tinha ouvido falar dessa escritora. Dei uma lida na sinopse, comecei minha leitura e o primeiro parágrafo consumiu o restante dos meus dias.

Sinopse: Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho. 

A sinopse resumiu basicamente tudo de importante que tem nessa história, então não preciso dizer muito a respeito disso. Gostaria de destacar aqui que tenho certo problema com histórias românticas e em Os Bons Segredos, apesar de haver um momento em que isso acontece, o foco do livro continua sendo Sydney e sua dificuldade em lidar com todos os problemas que vieram junto com a prisão de Peyton e sua invisibilidade diante dos pais. Ela percebeu que nunca foi muito vista em casa e, mesmo quando seu irmão vai embora ela não consegue nenhum tipo de atenção da qual gostaria de ter.

Algo que não vou perdoar nunca desse livro é a descrição de cada saquinho de batata frita. Talvez eu estivesse com fome na hora da leitura, e não consigo deixar de pensar no momento em que vou matar a vontade de comer batata frita com bastante molho. Mas, voltando à história, quando Sydney começa seus estudos em uma escola totalmente diferente da anterior, ela nos mostra que boas e verdadeiras amizades estão onde nem imaginamos. Layla e sua família foram um diferencial, um divisor de águas na vida de Sydney.

Em vários momentos eu senti muita raiva e até larguei o livro para poder respirar. Posso afirmar que todos esses momentos coincidiram com a presença de Ames. COMO EU DETESTEI AQUELE CARA. Outras ocasiões, que também me causaram chateação, não tanto quanto Ames, foram as tentativas de conversa da Syd com a mãe dela. Uma mãe super dedicada em tudo, mas que deixa certas coisas bem a desejar, além de não notar que sua filha é uma pessoa com sentimentos e vontades. Quanto aos outros personagens, não tenho do que reclamar e adoro personagens como a Layla, que têm muita presença e é, além disso, divertidíssima.
Sendo Sydney a coadjuvante de toda a sua família, ela carrega consigo a culpa pelo que o irmão fez e como os pais não mostram nenhum tipo de peso na consciência - ao contrário, sua mãe sempre pensa em uma desculpa para colocar a culpa na vítima - ela acaba por carregar um fardo enorme. O pai completamente omisso e uma mãe que acha que o filho está em uma escola e não na prisão. Com o apoio da senhora Chatham, Layla e Mac, ela consegue aos poucos encontrar alguma felicidade e ser realmente vista.

Existem N detalhes que eu gostaria de colocar aqui, porém vou deixar apenas a recomendação da leitura. É um drama familiar intenso, muito gostoso de ler e de ver as mudanças no meio do caminho. Adorei a capa e achei que tem tudo a ver com a história. É realmente uma ótima leitura.

Título: Os bons segredos | Autor (a): Sarah Dessen | ISBN: 9788565765763 | Ano: 2015 | Páginas: 408 | Editora: Seguinte

Caso você queira comprar Os Bons Segredos, utilize os links a seguir, assim eu recebo uma mini comissão e ficarei muito grata.

POSTAGENS RELACIONADAS

24 comentários

  1. Já ouvi falar muito bem da Sarah, mas nunca li nada dela. Tenho vontade de conhecer, mas não sei por onde começar. kkk Pelo que vi esse é aquele tipo de livro que a gente ama e odeia dependendo da situação e dos personagens.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, eu só li esse dela, mas to querendo ler Minha vida mora ao lado, dizem é bem bacana.
      Começa por esse, eu fiquei com uma ótima imagem da autora na minha cabeça depois da leitura.

      Excluir
  2. Olá
    eu nunca tinha lido uma resenha desse livro, mas já o conhecia por sua capa e sinopse. Já conheço a escrita da autora e sei que ela é maravilhosa e sabe muito bem como mexer com as estruturas do leitor. Adorei a forma como você conduziu a sua resenha, sem repetir detalhes da sinopse e sim apresentar o que você achou e sentiu com a leitura/história. Espero poder ler também!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer, que bom que gostou da resenha. Eu gosto de fazer assim, sabe? detesto ser repetitiva e acho que ninguém é muito fã de reler a sinopse haha
      Enfim, esse foi o primeiro livro que li dela, mas ja quero mais, pois gostei bastante da escrita dela.
      Obrigada pelo feedback, é muito importante para mim <3

      Excluir
  3. Tenho minhas dúvidas se leio ou não esse livro. Por sua resenha dá uma grande vontade, porém fico com o pé atras pois pessoas que leram e tem um gosto bem próximo do meu, não ficaram muito felizes com esse livro.
    No geral, a temática parece bem interessante e que tem grandes chances de me agradar. Mas uma maldade essa descrição dos saquinhos de batata frita. kkkkkkk Talvez por ser detalhista a leitura me canse.
    Curiosa eu fiquei, quem sabe não entra na minha lista de presente de aniversário.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bom?
    Primeira coisa: encontro nacional de blogueiros? Em Brasília? Se sim, eu também estava lá <3 Mas não me interessei pelo livro que ganhei, infelizmente. Como você mesma já disse, não adianta perder tempo com leituras arrastadas. Mas voltando a resenhas (obs: fiquei com vontade de comer batata frita hahah), me interessei pela história, mas não sei se é um bom momento para ler ela. Dramas familiares já bastam os que tenho. Mesmo assim, vou anotar a recomendação.
    Beijos, http://myliteraryparadise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Aiii, você riscou o livro, ai você riscou. Primeiro foi isto que eu percebi. Bom, em segundo concordo com você em terem que ficar mostrando comida em livro, adoro comer e odeio ficar com fome lendo livros e este livro já está na minha lista faz algum tempo, justamente pelo romance não ser o principal e sim por ser mais um drama mesmo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já li esse livro e foi uma leitura bem envolvente e marcante. A questão de a Sydney ser coadjuvante da família me incomodou muito, mas, cá entre nós, achei legal alguns pensamentos não serem só dela, sabe? Tipo, o irmão problema partilha do mesmo pensamento.
    Partilhamos do sentimento de detestar Ames, mas, além dele ter me irritado, o que irritou bastante foi os pais dela não terem notado isso, sabe? Eles foram omissos ao extremo.
    Adorei sua resenha. Fiquei querendo reler a obra.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu só li um livro da autora até hoje mas foi o suficiente pra me apaixonar por ela e pela sua escrita. Apesar disso esse livro não conseguiu me atrair muito, não vi na sinopse nada que me chamasse atenção o suficiente pra que eu o lesse, mas quem sabe mais pro futuro?
    Adorei sua resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Hey!
    Eu já li uma outra resenha desse livro e só vi comentários positivos. Parece ser um livro de leitura lenta devido aos temas tradados com a personagem principal, Sydney parece ser uma menina forte e determinada, pois sempre teve alguém para se mostrar superior a ela por assim dizer. Gosto de livros que me fazem pensar, e acredito que esse me traria várias reflexões sobre família. Gostei da sua resenha e já estou te seguindo.
    Um abraço!

    https://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nossa, aparentemente o livro despertou sentimentos aleatórios em você.
    Eu estou com ele aqui para ler, mas ultimamente ando sem tempo.
    E preciso dizer que concordo com seu comentário inicial, temos que usar nosso pouco tempo para lermos livros que nos agradam.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro sempre me chamou a atenção e com a sua resenha fiquei ainda mais interessada. Acho que devo inclui-lo em minha lista de desejos... hehe Beijos!!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Já ouvi muitas pessoas falando bem dessa obra, mas até hoje não tive vontade de fazer a leitura dela. E para ser bem sincero, a sinopse nenhum interesse em mim, mas pelo contrário, a capa me conquista por completo. Não sei se leria o livro, se teria paciência com Sydney, mas caso um dia eu faça a leitura da obra, comento com você o que achei!

    https://desencaixados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Adorei Os Bons Segredos.
    Me apaixonei pela personagens e pelos dramas familiares vividos. Claro que tive vontade de estapear Sydney algumas vezes, mas no final tudo fez sentido. A capa é lindinha mesmo e sei bem como é querer falar mais desse livro fantástico e não poder.
    Adorei sua resenha
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Muito boa sua resenha. Conseguiu passar a mensagem do livro, com certeza, e olha que nem o li ainda. Mas já fiquei mega interessante. adoro dramas familiares. Obrigada pela dica. Beijos

    ResponderExcluir
  14. juro que tô tentando entender as descrições das batatas fritas hahaahha
    bem, eu já tinha ouvido falar do livro mas não me empolguei com sua premissa... acho que ele é mais voltado para o público adolescente, não sei.. posso estar enganada, maas...

    a capa dele é linda... foda quando a gente se empolga, quer falar muito mas não pode pra não estragar o elemento surpresa de quem quer conferir a obra hehehe
    bjs...

    ResponderExcluir
  15. Aquela parte da batata frita foi por conta de excesso de detalhismo no livro? Isso deixou a narração arrastada de algum modo? Pergunto porque tenho muito interesse em ler este livro, e assim já sei mais ou menos o que esperar da narrativa. Pelo que vi, você realmente não gostou do Ames. Fiquei meio na dúvida em relação a mãe dela, como é tão dedicada e não percebe o básico?
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    É muito complicado quando gostamos de um livro e não queremos parar de escrever sobre ele, porém tendo que tomar cuidado para não estragar o elemento surpresa da trama.
    Já vi algumas resenhas e adorei. O drama familiar envolvido me cativou bastante.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Adorei sua resenha sincera e sua indignação com os saquinhos das batatas fritas hahahahah
    Já vi opiniões bem divergentes em relação a esse livro, mas de qualquer maneira ainda pretendo e quero muito lê-lo.
    E você tá certíssima de só escolher livros que você acha que vai gostar. Otimizando o tempo com boas leituras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oie.
    Adorei sua resenha? Adorei sim! Adorei seu cantinho? Adorei sim!
    Moça você já começa certíssima, sou das suas e escolho bem antes de ler e cara, eu amoooo batatas então ri quando você falou que ficou com vontade porque eu também acabei ficando. Amo esse livro, foi meu primeiro contato com a autora e foi um romance que me pegou de jeito. Tanto que estou louca para ler Uma canção de ninar.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  19. Me identifico, também estou querendo ler apenas livros que gosto bastante, sem perder tempo com histórias que me desanimam, quero tanto ler esse livro, gostei da autora conseguir colocar o romance em plano de fundo de tanto drama, tenho certeza que sera uma boa leitura, mesmo com personagens insuportáveis

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Tenho visto esse livro em muitos blogues e fico super curiosa para ler o livro. Gosto dos dramas familiares e se tiver romance melhor ainda. O livro trata de um tema bem realista já que algumas mães tem uma.preferência por um filho e acaba demostrando demais. Isso pode causar muitos traumas nas crianças que se sentem excluídas.
    Adorei a sua resenha e o livro vai para a minha lista de desejados.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Sabe que eu acho que esse livro traz um enredo muito interessante, ainda mais por se tratar de família, parece ser uma carga emocional grande. Adorei ver que você gostou do livro e recomenda, eu nunca li nada da autora e acredito que seria uma boa começar por esse livro. ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. Amei sua resenha e fiquei mega curiosa para ler este livro *-* Confesso que não gosto tanto assim de romances e fiquei feliz em saber que há pouco disso. E nossa, que cruel a descrição da batata frita hahaha devia dar muita fome mesmo.
    Um beijão <3
    Meu blog: https://onlysecretdreams.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...