domingo, maio 08, 2016

8/52: O PIOR DO MUNDO VIRTUAL

Eu amo a internet. Sei que você também ama, mas convenhamos, algumas coisas que acontecem nela e por causa dela, às vezes dão vontade de desistir de ter acesso. Eu realmente não vivo e não consigo imaginar minha vida sem internet com com internet limitada e hoje eu vou citar algumas coisas que são péssimas nesse mundo. Aproveitando o momento, quero dizer que no final de semana aconteceu a coisa mais chata do mundo para quem cria conteúdo na net: plágio. Não comigo, mas a blogueira era alguém que eu acompanhava e muita gente conhecida teve conteúdo plagiado. Amiguinhos, não façam isso. É feio. Sério! A copiona pediu desculpas depois de muito tumulto, mas só para quem ela roubou o conteúdo, nada de falar alguma coisinha para as os leitores. Disse que vai criar outro blog do zero, como se resolvesse e desativou o antigo. Mas vamos lá, além do plágio, também acho horrível:

-Comentários em sites de notícias e publicações polêmicas nas redes sociais. Parei de ver, porque você passa a odiar o ser humano e percebe o quanto ele é monstruoso e cruel;
-Haters;
-Discussões bobas sobre assuntos banais;
-Conteúdo compartilhado sem os devidos créditos, como se não houvesse dono;
-Pessoas que se consideram superiores demais para ajudar quem sabe menos;
-Anonimato.

É melhor não postar nada por um ano do que postar todo dia um conteúdo copiado e dizer que é sua criação. Sejamos melhores do que isso!

Boa semana!
Milca Abreu
Milca Abreu

Formada em Letras, apaixonada por leitura, fotografia, séries, gatos, Star Wars, Super-Heróis, Woody Allen e batons. Amo histórias de terror e suspense, músicas antigas e não dispenso uma boa passeada no shopping. Sou da Capital e ainda pretendo conhecer o mundo - ou parte dele.

4 comentários:

  1. Partilho da mesma opinião que você, Mi...
    Na internet é tipo a música do Ti, "Gente demais, com tempo demais... falando demais" e com certeza as discussões são a pior parte, mas apesar dos pesares a gente não vive sem essa coisinha que nos conecta com todo mundo que a gente gosta e com as coisas que a gente gosta, né?
    Sobre a menina do plagio eu fiquei sabendo e realmente fiquei muito triste com a situação, cheguei até a deixar um comentário sobre isso, pois sei bem como é... Enfim, já cometi o mesmo erro que ela, não copiei post de ninguém, mas um código (aparentemente) bobinho, que fez um estrago enorme. Só que eu tive uma segunda chance e com ela aprendi a me esforçar mais pra conseguir fazer minhas próprias coisas sem copiar nada de ninguém, nem sequer uma virgula. Também fechei o blog na época, mas como ele já faz parte da minha vida, reabri e fiz um daqueles textões repleto de sinceridade pedindo desculpas a quem me acompanhava e a pessoa que eu errei. A vida tem dessas coisas, a gente comete uns erros pequenininhos e acerta a vida inteira, não interessa um erro (pequeno ou grande) é um erro e devemos aprender com eles, foi o que eu fiz e espero que ela faça o mesmo :) Desculpe-me pelo desabafo, acho que eu precisava dele. Beijos ♥

    www.quetransborde.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A meu ver, o que você fez nem foi tão grave, mas ainda assim, você reconheceu e corrigiu, além disso se desculpou. Eu fiquei triste com a situação, mas fazer o que né?
      E pode desabafar sempre hahahaha

      Excluir
  2. Eu vi toda a polêmica do plágio. Muito desagradável mesmo.
    Aliás, todos os itens que você citou são enervantes.
    Infelizmente não estamos e nem estaremos livre desse mal.

    https://fluxoconstante2.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Deus nos proteja desses plagiadores rs
      Bjss

      Excluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...