quarta-feira, março 30, 2016

AGATHA CHRISTIE: MINHA ESCRITORA FAVORITA

Tudo começou quando eu estava na 7ª série (atual 8º ano). Como era apenas uma estudante do Ensino Fundamental, não tinha o costume de comprar livros. As leituras eram basicamente aquelas indicadas pela professora de Português. Mas, como moro praticamente ao lado de uma biblioteca pública e já gostava de ler, de vez em quando, buscava um ou dois para ler. 

Foi quando vi o título "O caso dos dez negrinhos", posteriormente mudado para "E não sobrou nenhum" (o primeiro título foi acusado de racismo, por isso a editora modificou tudo inclusive o poema abaixo, que utiliza soldadinhos ao invés de negrinhos, como nas versões anteriores). Esse livro foi o responsável pela minha paixão por romance policial e querer ler mais e mais. Nos anos seguintes, li em torno de quarenta obras dela. Aquela escrita muito bem elaborada, os detalhes, o suspense. O jeito Agatha de escrever...

Tenho várias escritoras que admiro muito como Clarice Lispector, Cecília Meireles, J.K. Rolling e outras, mas se não fosse por Agatha Christie, talvez eu nunca tivesse me tornado uma leitora assídua. Isso a torna especial e é a primeira a vir na cabeça quando o assunto é leitura. Se não fosse por ela eu nunca teria conhecido personagens incríveis, viajado para todas as partes do mundo e, sem dúvida, minha vida seria um tédio ainda maior. 

Deixo aqui o poema que ficou na minha cabeça durante semanas e que, volta e meia, eu procuro ler para relembrar uma história maravilhosa.

Dez soldadinhos saem para jantar, a fome os move;
Um deles se engasgou, e então sobraram nove.

Nove soldadinhos acordados até tarde, mas nenhum está afoito;
Um deles dormiu demais, e então sobraram oito.

Oito soldadinhos vão passear e comprar chiclete;
Um não quis mais voltar, e então sobraram sete.

Sete soldadinhos vão rachar lenha, mas eis
Que um deles cortou-se ao meio, e então sobraram seis.

Seis soldadinhos com a colmeia, brincando com afinco;
A abelha pica um, e então sobraram cinco.

Cinco soldadinhos vão ao tribunal, ver julgar o fato;
Um ficou em apuros, e então sobraram quatro.

Quatro soldadinhos vão ao mar; um não teve vez;
Foi engolido pelo arenque defumado, e então sobraram três.

Três soldadinhos passeando no zoo, vendo leões e bois;
O urso abraçou um, e então sobraram dois.

Dois soldadinhos brincando ao sol, sem medo algum;
Um deles se queimou, e então sobrou só um.

Um soldadinho fica sozinho, só resta um;
Ele se enforcou,
E não sobrou nenhum.


Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

terça-feira, março 29, 2016

UTILIDADE PÚBLICA: APRENDA A BAIXAR POR TORRENT

O que diabos é torrent?
"[...]é a extensão de arquivos utilizados por um protocolo de transferência do tipo P2P (Peer to Peer). Essa transferência acontece da seguinte maneira: os arquivos transferidos são divididos em partes e cada pessoa que tem tal arquivo ajuda a fazer o upload a outros usuários. Isso reduz significantemente o consumo de banda do distribuidor original do arquivo, não sendo necessário que o mesmo fique armazenado em um servidor. Fonte: tecmundo
Dada a explicação, vou ensinar passo a passo como conseguir o paraíso na internet. Nós que amamos séries e gostamos de ficar em dia com cada uma delas, precisamos saber exatamente como nos livrar de certas dependências, como por exemplo TV paga que nem sempre tem todos os canais disponíveis ou nem sempre estamos lá no horário exato do episódio. Não estou incentivando ninguém a piratear nada, mas o torrent está aí para ser baixado e ninguém é obrigado a nada. Como vejo muitas pessoas pedindo ajuda sobre como fazer esse milagre acontecer, então apenas farei minha bondade do dia.

O primeiro passo é baixar o programa chamado uTorrent. Existem outros, mas eu uso esse, então vou pelo que estou acostumada. É nele que será feito o download. Depois disso, baixe o programa BSPlayer, que é o programa responsável por rodar os vídeos. Eu gosto dele, porque ele puxa as legendas automaticamente quando você abre o vídeo. É importante ter o WinRar, já que a maioria dos arquivos vem compactado. Depois de instalar esses programas no seu computador, vamos a alguns pontos importantes:
1 - Nome do arquivo: é muito mais fácil encontrar séries e filmes com o nome original. Sugiro dar uma olhada no Filmow, lá sempre tem o nome em inglês. Caso você prefira filmes dublados, você pode colocar na frente do nome as palavras "dual" ou "dublado" mesmo. Se não, só o nome em inglês mesmo.
2 - Depois que aparecerem as opções, observe o tamanho do arquivo. Acima de 700MB já é uma qualidade boa e roda facilmente no computador.
3 - Quanto maior a quantidade de seeds, mas rápido será o download. Então procure sempre uma harmonia entre o tamanho do arquivo e a quantidade de seeds.
4 - Encontrado o filme/série/qualquer coisa desejada, clique no nome e a imagem acima irá aparecer. O local certo para baixar o torrent é esse marcado na imagem acima.
5 - A extensão do arquivo é muito importante. Você precisa baixar algum que seja compatível com o Bsplayer. Ele aceita várias extensões, mas pode ser que venha uma ou outra que não funciona.

Depois de fazer o download do torrent no seu computador, vá na pasta em que ele está salvo. É um ícone verde escrito torrent. Dê um duplo clique e irá aparecer a janela abaixo. Clique em "ok" e o download começará.
Nessa tela vale mencionar que o arquivo com extensão srt é a legenda, mas nem sempre ela virá junto, ou pode ser que ela não esteja muito legal. Se para você essa legenda estiver boa, ótimo, você deu sorte, senão depois que terminar de baixar você faz o seguinte: vai na pasta em que o filme está salvo, apague a legenda e abra o vídeo com o Bsplayer. A tela abaixo vai aparecer.
Tudo isso é legenda e você pode baixar quantas quiser e ver qual fica melhor. Geralmente a primeira já está boa. Basta clicar nos quadradinhos e depois em "download checked" e pronto. Veja se está tudo legal e pode começar a maratona.

Tentei explicar tudo com o máximo de detalhes possível, mas caso ainda tenha alguma dúvida pode deixar nos comentários ou me chamar no Twitter. Passo 24h por lá. Os sites que eu normalmente uso e confio - no virus - são Series Torrent, Kickass.to e Torrent Finder. às vezes apenas jogo no Google e pronto, mas é mais complicado saber se é confiável. Com o tempo você passa a ter feeling para isso. Espero ter ajudado e qualquer dúvida, basta chamar.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

segunda-feira, março 28, 2016

"DON'T WORRY ABOUT YOUR SIZE..."

Vez ou outra, surgem polêmicas na internet envolvendo blogueiras fitness que insistem que nada na vida é mais importante do que vestir 36. Não só blogueiras, mas outro dia uma delas deu a maior dica para não cair em tentação na sobremesa: manda nude para a amiga e se você vacilar ela vaza suas fotos. Melhor dica.

Eu nunca tive um corpinho sarado. Ao contrário. Lembro perfeitamente o quanto sofri na escola por ser a gorda. Os professores pediam que eu escrevesse na lousa e os demais coleguinhas diziam que não conseguiam enxergar com uma baleia cobrindo todo o quadro. Eu chorava muito. Era um terror. Entretanto, eu nunca perdi a vontade de ir para a escola e nunca tive problemas alimentares. Nasci com mais de cinco quilos, então meu corpo seria grande de qualquer forma. 

Na adolescência, sempre me achei a gorda, visto que a maioria das meninas eram magrinhas ou tinham aquele corpo de dançarina do É o Tchan. Isso nunca me impediu de ser feliz, de ter meus paqueras e vestir aquilo que me fizesse bem. Hoje eu não tenho o corpo perfeito, mas ainda assim prefiro uma bela pizza a uma saladinha no jantar.

Quero destacar aqui que eu passei por tudo isso sofrendo, mas numa boa. Foi uma experiência minha. Porém, hoje não é difícil encontrarmos meninas que fazem de tudo para ter o corpo perfeito. Perfeito para quem? Qual é o padrão?  Quem disse que tem que ser tudo padrão? O pior é ver que a mídia e grande parte dos influentes da internet nos fazem acreditar que temos um corpo horrível. 

O título do post é um trecho da música All about That Bass da Meghan Trainor. É uma música com uma letra incrível que todas nós mulheres deveríamos prestar bem atenção e fazer com que os outros prestem atenção também. Não tem problema você se achar gorda. Tem problemas terceiros colocarem isso na sua cabeça e te fazer pirar só de pensar em chupar uma bala. Se você não está contente com seu corpo, tudo bem. Se sua saúde está em jogo, tranquilo. Mas permitir que nos imponham um padrão de beleza? Quem decide sobre isso somos nós. Além disso, é uma decisão pessoal e ninguém tem o direito de dizer se somos ou não felizes com nossos corpos.

De uns tempos para cá, eu não andei muito feliz com o que via no espelho, mas isso não me deixou neurótica e não me impede jamais de tomar um sorvete sempre que eu quiser. Além disso, eu não faço dietas loucas, não apoio distúrbios alimentares e se me chamam de gorda eu sorrio e aceno. Hoje não tenho problemas com meu peso e não tenho ninguém para pegar no meu pé, porque eu não permito isso.

Se olhe no espelho e veja o quanto você é linda. Não importa o que digam, você precisa se sentir bem com você mesma. Se comer umas besteirinhas te faz feliz, então quem é que vai te impedir? Não deixe jamais que retirem sua auto-estima e te façam sentir inferior. Você é melhor que isso!


Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

sexta-feira, março 25, 2016

4/52: EU SEMPRE...

Difícil falar sobre aquelas coisas que eu sempre faço/quero/sonho/desejo. A lista é imensa, mas vou tentar seguir com o tema e ser sucinta, embora eu normalmente não saiba como fazer isso, hoje farei o máximo!

Eu sempre:

-Durmo de meia;
-Levo um livro dentro da bolsa e quando esqueço parece que o dia não vai acabar nunca;
-Acho que parei no tempo, não amadureci e que poderia fazer mais pela minha vida, muito embora eu nunca me mexa para conseguir mudanças;
-Quis revelar todas as minhas fotos, mas quando aparece dinheiro eu gasto com comida;
-Fico louca se sair e não levar creme para as mãos. Simplesmente não consigo me concentrar se sentir as mãos ásperas.

Na foto, minha amiga que mal conheço e já considero pakas. Visitem o Tumblr dela.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

quarta-feira, março 23, 2016

BATMAN vs SUPERMAN: QUEM VENCE?

Batman, claro. Poderia começar e terminar o post aqui mesmo, mas a vida não funciona assim. Hoje à noite é a pré-estreia de Batman vs Superman: A origem da justiça e eu estou super ansiosa para saber o que vai acontecer. Eu gosto de ambos, mas, não levando a HQ em consideração e considerando apenas a voz do meu coração, digo que essa batalha só pode ser vencida por ele: Bruce Wayne.
Não quero comentar ainda sobre elenco e tudo o mais que envolve o filme, mas estou colocando todas as esperanças de uma vida inteira nas costas do Ben Affleck. Christian Bale sempre será o melhor Homem Morcego da história e pelo trailer, estou confiando muito que o Ben vai se sair bem. Agora falando da batalha. Sempre ouço todos falarem que o Homem de Aço é de aço; impossível ele não ganhar essa briga; ele é um alienígena e os aliens sempre são os vencedores. 

Por que o Batman ganharia? Ele não tem nenhum poder!

Meus caros, obviamente isso o torna o melhor super herói da DC. Ele não gosta de armas de fogo e foi treinado por, nada mais, nada menos que Ra's Al Ghul. A força dele é no braço e não precisa de uma armadura, um mjolnir ou uma explosão de um acelerador de partículas para ser f@#$&%. Não que isso retire o mérito dos demais, mas fala sério, é bem mais legal, não? Além disso, não é uma kriptonita qualquer que o derruba. 

Esses são os motivos que me levam a crer que o Batman resolverá tudo, afinal de contas sabemos bem o propósito deste filme, certo? 

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

segunda-feira, março 21, 2016

SÉRIE | JESSICA JONES

A Netflix está arrasando nas séries, fala aí. Faz um ano que estou com Demolidor nos rascunhos para falar aqui no blog, porém as forças da natureza estão me impedindo de escrever, mas aguardem que um dia sai. Hoje resolvi sentar aqui na frente desse notebook - que tanto me irrita - para falar um pouco sobre o que achei de Jessica Jones. Nunca li as HQs, mas não precisa de muito para conseguir entender a história e os personagens. Entretanto, vou tentar ler, porque gostei demais da Jessica.
A série se passa em Nova Iorque nos dias atuais. Mostra o cotidiano de uma cidade grande e violenta. No meio da loucura de NY, Jessica Jones tenta reestruturar sua vida pessoal e profissional depois do fim trágico de sua carreira como super-heroína. Como detetive particular, ela tenta ajudar outras pessoas e se ajudar ao mesmo tempo, mas o passado insiste em vir para o presente.
Jessica é uma mulher independente e cresceu com Trish, sua única e melhor amiga. Achei a relação das duas muito bonita, já que Jessica é durona e não combina muito com a palavra "romantismo". Em nenhum sentido, no entanto, o carinho pela amiga é inegável. Nos momentos mais difíceis, elas só podiam contar uma com a outra e isso criou um laço muito forte entre as duas. Sabe aquela coisa fofa de se ver? É algo que não precisa de muitas palavras para entender.
Sem dúvida, um dos vilões mais f@#&% que já vi é o Kilgrave. Ele controla mentes e, sendo um vilão, muita coisa louca pode acontecer. No  universo dos super-heróis, existem vários personagens que possuem essa habilidade, mas, normalmente, são os mocinhos da história e, vamos combinar, os vilões são sempre mais legais. E só existe uma pessoa que conseguiu deixar de ser controlada por ele, adivinhem? O passado da Jessica que citei antes é justamente Kilgrave. Eles tiveram um relacionamento que não terminou muito bem e fez com que mil demônios passassem a atormentar a vida dela.
Sempre achei muito legal ver mulheres lutando. Ainda mais quando tudo parece muito real e não tem aquela cara de encenação. Tanto Demolidor quanto Jessica Jones têm isso. É tudo muito real. E falando em Matt Murdock, Jessica Jones mora na mesma cidade, Hell's Kitchen, e por isso já estou preparando meu frágil coração para um crossover lindo e épico (emoji com olhos de coração), que será Os Defensores.
É daquelas séries que você não para, do primeiro ao último episódio, por nada, nem por comida. Você come enquanto assiste ou assiste enquanto come. Além do mais, é sempre incrível ver que as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço. Não só como o sexo frágil, mas sim como mulheres fortes e corajosas que nos representam. Não falo apenas do personagem da Jessica, já que temos a poderosa Jeri Hogarth e mesmo a Trish, que é a coragem em pessoa. Sem sombra de dúvida, Jessica Jones entrou para a minha enorme lista de melhores séries do mundo.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

sexta-feira, março 18, 2016

3/52: COISAS PARA FAZER NO CALOR

Eu pensei em coisas como: morrer, sentar e chorar, morrer, mas não seriam coisas legais a se fazer. Particularmente, eu detesto dias quentes, entretanto eles são inevitáveis, principalmente aqui em Brasília que é um tal de bota casaco, tira casaco que não tem fim. Por isso, tentei lembrar de coisas que eu faço quando eu não posso apenas estar morta.

-Dividir um potão de sorvete com o boy ou com a amiga;
-Ir para um parque curtir uma sombra;
-Fotografar o pôr-do-sol;
-Deitar em uma rede enquanto come melancia geladinha e bate papo com a família;
-Aproveitar o ar condicionado de lojas, cinemas ou mesmo do trabalho.

Não cito aqui ir ao clube/praia e afins, pois eu detesto esse tipo de atividade, mas para quem gosta também é uma alternativa. Além disso, aqui em Brasília temos nosso amado Lago Paranoá que oferece uma orla imensa e bem fresquinha, basta você encontrar o que mais te agradar.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

sábado, março 12, 2016

FILMES PARA VER EM MARÇO

Esse post deveria ter saído semana passada, mas tive que resolver umas coisas (leia-se: assistir a segunda temporada de How to get away with a murder) e acabou não sobrando tempo para mais nada. Há também a questão de que março tem apenas dois filmes que estou enlouquecidamente para assistir e mais uns dois que apenas quero assistir. Lembrando que os filmes aqui listados são lançamentos, porque, fora eles, têm mais 453 na lista. 

  • Batman vs Superman (Zack Snyder) - 23/03
Não vou colocar a sinopse, porque preciso informá-los de que os ingressos já estão comprados. Team Batman, filme mais esperado do século, Ben Affleck precisa honrar o papel, Henry Cavill é meu crush.
  • Convergente (Robert Schwentke) 
Último filme da série Divergente. Também não colocarei sinopse, mas adianto que é raiva na certa desse final.
  • Visões do passado (Michael Petroni) - 17/03
O psicólogo Peter Bower recentemente está tendo pesadelos e visões assustadoras. Ao descobrir que seus pacientes são fantasmas de pessoas que morreram 20 anos atrás, Peter fica com medo de enlouquecer e decide voltar para sua cidade natal. No local, ele desvenda um mistério do passado que só ele pode solucionar.
  • The Free State of Jones (Gary Ross) - 17/03
Durante a Guerra Civil Americana, o fazendeiro Newton Knight forma um grupo de rebeldes contra a Confederação. Ele é contrário à escravidão, mas também à secessão. Assim, reunindo pobres fazendeiros, o pequeno condado de Jones rompe com o grupo majoritário e forma um pequeno estado livre. Ao longo dos anos, Knight combate a influência racista do Ku Klux Klan e forma a primeira comunidade inter-racial do sul, casando-se com a ex-escrava Rachel.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

LEIA UM CONTO | NINGUÉM - KAREN ALVARES

Já falei inúmeras vezes sobre o quanto amo contos. Ultimamente estou com uma mania maravilhosa de ler antes de dormir, sabe, já deitada, com as luzes apagadas. Você pode até dizer que não é saudável, mas ler antes de dormir, para mim, é terapia.

Desde que li Inverso, ando doida para ler mais livros da autora e como comprando muitos livros esses dias, optei por ler um conto dela que está disponível para ler de graça. Esse conto se chama Ninguém.

É narrado por um hacker que tem por maior passatempo buscar coisas horripilantes na deep web. Todo nós já ouvimos falar dessa parte da internet e sabemos o quanto pode ser perigoso e assusador. O problema é que nem todo mundo se importa com quem está do outro lado da tela. E quando o outro lado vem para o lado de cá? É mais ou menos isso que acontece com a pessoa que narra a história. Aquelas coisas que ele costuma ver apenas na tela do computador, aos poucos se tornam reais.

Ninguém é um conto curto, porém aterrorizante. Sabemos que muitas pessoas se sentem confortáveis pelo anonimato que a internet oferece, mas, como já disse antes, não nos preocupamos com que está do outro lado. No caso do garoto em questão, ele foi encontrado e tudo aquilo de mais horrível que ele buscava, aconteceu com ele. O "Cirurgião" o encontra e o transforma na criatura mais sinistra da qual já ouvimos falar. Acredito que, além de causar emoções no leitor, a Karen deixou uma mensagem bem clara sobre os cuidados com a internet. Não é só a deep web, mas a internet no geral pode causar muitos estragos.

A leitura desse conto é super válida e faz mais uma vez eu me orgulhar dos nossos escritores brasileiros. Além disso, a escrita da Karen Alvares é muito gostosa e tranquila, ela fala nossa língua. Você pode baixar o arquivo em pdf para ler até mesmo no celular. Acesse o site da Editora Draco e veja como fazer o download.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

quinta-feira, março 10, 2016

2/52: EU NUNCA...

Aquele momento em que você percebe que manter um projeto em dia é contrariar as forças da natureza e invocar todo tipo de atividade que não estava nos planos. Mas vamos seguir firme e forte. O tema da semana é eu nunca. Honestamente eu nunca fiz muita coisa legal, mas vamos lá tentar listar aqui.

Eu nunca:

-Aprendi a tocar instrumento algum;
-Quis estudar em universidade pública;
-Saio sem um livro, mesmo que não o leia;
-Estraguei nenhum celular que já tive. Só trocava por um modelo diferente;
-Gostei de balada. Minha cama é bem melhor.

E vocês, o que nunca fizeram?

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

EXPOSIÇÃO | COMCIÊNCIA - PATRÍCIA PICCININI

Está tendo uma exposição no CCBB aqui de Brasília que vale super a pena visitar. Se chama ComCiência e traz a obra da artista Patrícia Piccinini. Segue uma breve explicação sobre a obra:
ComCiência – Patricia Piccinini Para trazer a questão das mutações genéticas para o território da arte, a artista australiana Patricia Piccinini se utiliza do realismo como linguagem, apresentando ao espectador um universo de criaturas desconhecidas, porém palpáveis e surpreendentemente afetuosas. ComCiência, um neologismo que carrega sentido duplo, conectando consciente e ciência, propõe ao público um percurso narrativo entre esculturas, desenhos, fotografias e vídeos.
As esculturas são resultado de pesquisas sobre biotecnologia e engenharia genética, e são tão surreais e atraentes ao mesmo tempo. Eu gostei de conhecer a ideia de cada uma das obras. Embora eu não me recorde de todas as descrições, acredito que uma - que mais me chamou a atenção - citava uma frase do alemão Johann Wolfgang Goethe, que diz que "beleza é um convidado bem-vindo em qualquer lugar". Questiona a percepção e a construção do que realmente é considerado belo.

Além disso, esses cabelos que vocês podem ver nas fotos são cabelos humanos e simboliza a força física, a virilidade e a sedução, ideia também transmitida em suas obras. As criaturas são realmente estranhas, mas parece que a artista veio para questionar tudo aquilo que achamos correto. Uma criança, por exemplo, não tem a mesma percepção de beleza que um adulto teria. Por isso em uma de suas esculturas (foto mais abaixo) apresenta uma criança, um ser com total inocência dormindo ao lado de algo que, para nós, adultos, é nada mais que um monstro.
Se você é da capital ou está de passagem, sugiro a visita que poderá ser feita até o dia 04/01. Pelo que li no site do CCBB, agora é necessário agendar. Acredito que a procura foi enorme, tanto é que quando fui estava lotado. E uma última observação: eu sonhei com esse garotinho me olhando. Sem contar na loucura que é imaginar uma criança no topo dessas cadeiras podendo cair a qualquer momento.

Acompanhe o blog nas redes sociais
 Instagram || Facebook || Flickr || Bloglovin  || Snapchat: milcaabreu 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...