sábado, abril 11, 2015

POR TRÁS DE UM SIMPLES CLIQUE

11/04/2015
Com que frequência você fala ou já ouviu falar que fotografia é um serviço caro demais? Muita, né? É um serviço que, se observado apenas o preço, realmente é caro, mas existe uma razão para isso. Existe uma diferença bem grande entre preço e valor. Preço é o que você paga, é o dinheiro mesmo. Valor é algo muito pessoal e subjetivo. Você quer guardar aquele determinado momento da sua vida para sempre e ao mesmo tempo acredita no trabalho de alguém que pode te ajudar a realizar isso da forma mais bonita.

Para mim, a fotografia é a segunda melhor forma de você guardar um momento - a primeira é a sua mente - e para isso, não basta apenas apertar um botão. Vamos falar, então, de preços. Todo equipamento fotográfico é muito caro, ainda mais no Brasil. Uma câmera compacta é super acessível, mas eu nunca vi um fotógrafo profissional usando uma. Se formos levar apenas o dinheiro em consideração, então temos uma lista imensa de coisas básicas que um fotógrafo precisa para finalmente chegar a um click.

Equipamento básico necessário:
-Câmera: Precisa ser uma DSLR, como eu disse, nunca vi um profissional usar uma compacta, se alguém já viu, me falei, por gentileza. Nova, ela custa de R$1.700 até R$35.000 de acordo com o site das mais queridinhas Canon e Nikon.
-Lente 50mm: Ela é indispensável. Não tem jeito, é preciso investir em uma 50mm, que custa, em média, R$340
-Flash externo: Ele é muito importante, mesmo em fotografias ao ar livre. Os da marca Yangnuo, um genérico, é mais ou menos, R$400
-Computador: Como você quer ser fotógrafo sem computador? Claro que você não precisa de um iMac (eu preciso sim hahaha), mas você precisa que ele funcione e tenha espaço suficiente. Digamos que um notebook razoavelmente bom custe 2 mil reais.
-Software: Photoshop e/ou Lightroom são fundamentais. Eu já vi inúmeros fotógrafos que não fazer uma edição sequer nas fotos e acho um desperdício. Então se você não quer ser o fotógrafo que só tira as fotos da câmera e manda para o cliente, sugiro investir R$22 por mês.
-Acesso à internet: Claro, né? Depende muito, mas acho que a partir de R$100 reais você tem acesso a uma internet boa e que te permite upar fotos com certa velocidade.

Já temos um total de R$4.482.

Se a pessoa faz 10 trabalhos em um mês no valor de R$450 reais, ela pagou todo o equipamento. E depois? Nem só de equipamento vive o fotógrafo. Tem uma  página no Facebook em que eles mostram valores absurdos cobrados por ai e chama de prostituição, mas andei pensando e escravidão é a melhor palavra para definir. Um exemplo é um ser que estava cobrando 50 reais para uma sessão de fotos e mais fotos impressas, fotos no CD, um banner, um pen drive, maquiagem e cabelo. E ele ainda tem que gastar com transporte até o local da sessão e se for em estúdio, pior ainda.

Sabemos, ainda, que não basta ter uma câmera para ser fotógrafo. Uma foto ruim ou boa você faz com qualquer equipamento. Então, incluindo no quesito preço, ainda tem investimento em cursos, workshops e livros, porque você precisa estudar sim e têm acessórios como filtros para proteger as lentes, baterias extras, pilhas, cartões de memória, HD externo. E estou falando apenas de equipamentos necessários para começar a trabalhar.

Fora tudo isso, ainda tem água, luz, alimentação, vestimentas, calçados, às vezes filhos, impostos, previdência, diversão (porque ninguém é de ferro), revelação de fotos, CDs e DVDs para gravação das fotos e tudo isso para trabalhar no conforto de sua casa. Imagine quem tem estúdio?

Serviço fotográfico é caro? Sim. Mas existem muitas outras coisas envolvidas além de uma única câmera e um clique.
Milca Abreu
Milca Abreu

Formada em Letras, apaixonada por leitura, fotografia, séries, gatos, Star Wars, Super-Heróis, Woody Allen e batons. Amo histórias de terror e suspense, músicas antigas e não dispenso uma boa passeada no shopping. Sou da Capital e ainda pretendo conhecer o mundo - ou parte dele.

6 comentários:

  1. Tem gente que não entende Milk, eu que não sou fotógrafa já tô cansada de ver essas reclamações, falta de valorização, e gente que procura o serviço mais barato e desleixado possível. Sinto que a fotografia é um trabalho que existe exclusivamente para atender ao público que aprecia a arte, e dá o seu devido valor. E (sorte que) esse público não é pequeno não! hahaha ♥

    ResponderExcluir
  2. Só li verdades nesse texto.
    Odeio gente que quer desmerecer o valor de um trabalho com um "mas tá caro". É triste. Ainda mais quando a pessoa não para pra pensar na quantidade de coisas envolvidas atrás do resultado final. Pior ainda é quando fotógrafos acabam oferecendo um trabalho barato e meia pouca só pra ter mais clientes, que certamente irão ficar insatisfeitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem faz isso não sabe o real valor do nosso trabalho, é triste demais. Ainda bem que há quem reconheça.
      Concordo com vc sim, às vezes é melhor pagar caro para ter algo de qualidade. Compensa na maioria das vezes e na fotografia, sempre!

      Excluir
  3. Parabéns pelo ótimo texto!

    É triste saber que há várias pessoas que desvalorizam um trabalho tão digno. Infelizmente hoje em dia as pessoas tendem a olhar apenas o preço e não o trabalho em si.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mel!!
      Ainda bem que existem pessoas e pessoas ne?

      Excluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...