EXTRAORDINÁRIO - R. J. PALACIO

quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Sabe aquele livro simples que te surpreende? Extraordinário é assim. Quando lançou, vi que fez muito sucesso, mas achei que era mais uma história em que o personagem principal está doente e morre. Mas na verdade, August, o protagonista tem uma síndrome genética que deixou seu rosto deformado desde o nascimento. Desde bebê, ele passou por uma série de procedimentos médicos e por isso nunca frequentou uma escola. Agora, com 10 anos, sua mãe decide colocá-lo no colégio, mas ele não quer, pois desde sempre precisou lidar com as pessoas se assustando com sua aparência, imagine como seria na escola? Crianças sabem ser cruéis.

August gostaria de ser tratado como o garoto normal que ele é, mas por onde ele passa, ele chama a atenção de todos. As pessoas olham e desviam o olhar, cochicham e apontam para ele. As crianças se assustam, sentem medo, não querem chegar perto dele e fazem comentários maldosos.

Ao chegar na nova escola, o diretor, Sr. Buzanfa, pede para que três alunos, Charlote, Julian e Jack Will, venham antes do fim das férias conhecer August e mostrar a escola para ele. Pede também que sejam gentis. Os primeiros dias de aulas não são fáceis, pois a escola é um lugar terrível para os diferentes.
Quando terminei de ler esse livro, pensei que ele poderia ser adotado nas escolas, em todos os períodos. Todos nós sabemos o quanto crianças e adolescentes são malvados e o bullying é uma coisa extremamente séria. August, mesmo com um rosto diferente, é um garoto normal, engraçado e inteligente e essas coisas a maioria das pessoas não enxergam. Extraordinário é uma ótima lição de vida!

Além disso, adorei o fato de que ele é fã de Star Wars e faz referência ao filme o tempo todo. Na verdade, o livro faz referência a diversos filmes e livros. A irmã do Auggie, Via, é um doce, super compreensiva, protetora e mesmo que em determinado momento ela tenha sido meio grosseira, consigo não sentir raiva dela, afinal, ninguém é de ferro e ela só tem 15 anos. Achei que a Miranda se destacou bastante. Você sente que ela ama o August e o considera um irmão. 
O mais legal de tudo é a amizade da Summer. Ela, por vontade própria e por ter um coração lindo, se tornou grande amiga dele. O Jack Will também mostrou ser uma criança maravilhosa e no final, todos perceberam que August não era o mostro que todos pensavam. Ele é só um garoto como qualquer outro. Quase chorei no discurso do Sr. Buzanfa ao entregar os prêmios no final do livro. A única coisa que não gostei é que as falas, em geral, não se parecem falas de crianças. Os capítulos são narradas a partir da perspectiva de August, Via, Summer, Jack, Justin (namorado da Via) e Miranda. Fora Justine Miranda, os outros também tem a idade do August, por isso achei meio adulto demais, mas tudo bem, isso não torna a história ruim. Extraordinário recebeu o título que merecia, deu super certo.

26 de Fevereiro de 2015

POSTAGENS RELACIONADAS

5 comentários

  1. Eu não sei se estou muito curiosa para ler o livro, pois todos dizem que é ótimo, ou tenho receio por ter um coração fraco quando se diz respeito aos diferentes. Sempre me tocou muito esse assunto, será que arrisco ler? Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai gostar, é uma história muito legal e emocionante!

      Excluir
  2. Eu não vejo a hora de ler os outros dois! Esse livro é maravilhoso, acho que todas as pessoas deveriam ler, é bem emocionante mesmo. Amei a resenha, parabéns.
    Beijos
    radioactivebookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu comentei e quando fui mandar, minha internet caiu D: Não sei se foi, se foi, apague esse, hahahahaha.

    Adorei sua resenha, Milca!
    Eu pedi esse livro emprestado pro meu amigo (mas ele acabou não me emprestando). Agora vou colocar no Kobo pra ler, hahah. Comprei o 365 dias extraordinários e é muito amor <3

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Esse é um livro que esta sendo bem aceito pelo publico infanto juvenil. Me interesso de ler e esta na lista de proximos :3
    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...