CARTA AO MÊS DE JANEIRO

domingo, fevereiro 08, 2015

Você se foi com a mesma velocidade que veio. Chegou tão depressa que eu nem tive tempo de me programar e colocar no papel tudo aquilo que queria realizar nos meses seguintes. Se foi tão rapidamente e repito minhas últimas palavras. 
Sabe, tenho pensado muito profundamente sobre os meus conflitos internos e, constantemente, me vem à cabeça a frase de Drummond quando ele diz que a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional. Não estou conseguindo transformar tudo em uma opção. Desculpe, Drummond! Passo horas refletindo sobre o que tem de errado comigo e por quê na fase da minha em que eu tinha total direito de ser assim, eu era mais forte do que sou agora. Não é justo!
Me sinto deslocada, como se não pertencesse a este lugar. Ao mesmo tempo sinto que não vou conseguir mudar nada e, que para cada passo que dou para a frente, dois são dados para trás. Está tudo uma bagunça. Tento não me sentir triste, mas é algo inerente a mim e, começo a achar, a minha personalidade. Não entendo como Walt Whitman ousa falar para eu aproveitar o dia e não cair em desalento! Com que coragem ele diz para eu não perder a ânsia por transformar minha vida em algo extraordinário, sendo que é algo impossível aos meus olhos? Ah, Withman, se soubesse que a coisa mais difícil da minha vida é não remar contra mim mesma...  
Como vou ter o contato com a natureza da forma que almejo, sendo que estou rodeada de prédios? Como vou viver, vendo a vida passar tão vorazmente?
Está me faltando coragem e vontade.
Ainda estou pedindo para que Fevereiro me traga novas esperanças e que tudo isso acabe logo!

POSTAGENS RELACIONADAS

5 comentários

  1. Nossa Milca. Esse texto me tocou de uma forma, como se fosse de própria autoria. Coloco como suas minhas palavras e sinceramente "Como vou ter o contato com a natureza da forma que almejo, sendo que estou rodeada de prédios? Como vou viver, vendo a vida passar tão vorazmente?
    Está me faltando coragem e vontade."

    Coragem e vontade pra gente. Tudo de bom.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!
      Espero que elas - vontade e coragem - chegue e depressa hahaha
      Bjs

      Excluir
  2. Também achei que esse janeiro foi o mais rápido da história.
    E também fiquei com a sensação de que não tive tempo de começar todas as mudanças que me prometi pra 2015... mas fevereiro tá aqui, só esperando a gente tomar as rédeas da vida. <3

    Beijo, Milkinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, temos ainda muito tempo, assim espero ne?
      <3

      Excluir
  3. Um mês e meio já se foi e eu tô perdida e com quase 1/4 de vida D:

    A Bela, não a Fera

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...