segunda-feira, dezembro 08, 2014

Divergente - Veronica Roth

Tinha muito tempo que eu não me apaixonava por uma história e personagens como estou apaixonada por tudo em Divergente. Soa meio bobo, mas toda vez que eu lia Orgulho e Preconceito eu suspirava pelo Mr. Darcy; até hoje, na verdade. Quando eu vi o filme eu gostei muito da Tris e do Quatro, mas aquela história de "o livro é bem melhor" é sempre verdadeira.
O primeiro livro da saga é sobre Tris, que aos 16 anos precisa decidir seu futuro em uma das facções: Abnegação, Erudição, Audácia, Amizade ou Franqueza.
Nascida na Abnegação ela sente que não se encaixa nos padrões da própria facção e não concorda com muitas coisas que são impostas, porém durante seu teste de aptidão, algo acontece com ela que normalmente não acontece com os outros: o resultado são três facções e não apenas uma. Ela decide ir para Audácia e é ai que tudo muda. Ela começa muito ruim e vai melhorando com o passar do tempo, mas acaba descobrindo algo que vai fazê-la lutar. 
Em sua nova facção, ela se torna melhor amiga da Christina, do Will e, por um tempo do Al. Eu achei uma leitura muito divertida e intrigante, porque a todo momento você se pergunta porque é perigoso ser um Divergente e confesso que achei uma explicação bem fraca, mas levando a situação toda em consideração, é realmente ruim para os líderes do Governo ter alguém pensando e agindo de forma diferente. Durante algumas páginas, a coisa toda fica um pouco monótona, mas logo em seguida vem alguma coisa para compensar.  
Eu gostei muito dos personagens principais, mas senti muita raiva do Will durante algum tempo. O romance entre Tris e Quatro, ao contrário do que li em algumas resenhas, não me pareceu que foi de uma hora para outra. Se você analisar algumas coisas, é notável que a Tris gostou dele desde o início, ele pode ter levado um tempinho a mais.
Ainda estou triste por causa da grande perda da Tris e ansiosa para começar a ler Insurgente o mais rápido possível, sabe. A curiosidade para saber como as facções irão trabalhar e sobreviver a tudo o que aconteceu, também tem a vida pessoal do Quatro que para mim é um mistério sobre como vai ser e várias outras coisas. 
Vale super a pena ler se você gosta de distopias.
Milca Abreu
Milca Abreu

Formada em Letras, apaixonada por leitura, fotografia, séries, gatos, Star Wars, Super-Heróis, Woody Allen e batons. Amo histórias de terror e suspense, músicas antigas e não dispenso uma boa passeada no shopping. Sou da Capital e ainda pretendo conhecer o mundo - ou parte dele.

4 comentários:

  1. Também amei Divergente. Já li todos e vi o filme. E sinceramente, o filme não chega nem aos pés do livro. Ultimamente está difícil ouvir gente falando bem da saga. Quando vi que você gostou também, fiquei muito feliz!! Parabéns.

    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei, de verdade!
      Vi muita gente falar mal também, mas eu gostei. O filme é bom, mas não é lá essas coisas rsrs
      Bjss

      Excluir
  2. Adorei a resenha :) Estar na minha lista de livros para 2015 :)

    http://chamandoumleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, adorei divergente também e adorei seu blog <3
    (Adorei o Quatro também)
    http://anuvemdepapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Se você gostou (ou não), deixe um comentário me dizendo o que achou, assim poderemos trocar figurinhas sobre coisas das quais gostamos e vou saber o quê e onde melhorar.
Spam, não, pls!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...